SÓ NÃO SE ENGANA QUEM CEDE AO MEDO DE CAMINHAR NO DESCONHECIDO - SÓ SE PERDE AQUELE QUE NÃO ESTÁ SEGURO DO RUMO QUE ESCOLHEU.

domingo, 11 de janeiro de 2009

O factor subjectivo na luta revolucionária

Prossigamos com a reflexão, sobre o carácter decisivo do factor subjectivo na luta revolucionária.
Há muito os nossos clássicos ensinaram-nos, entre muitas outras verdades operativas, que "mais que interpretar o mundo, é necessário transformá-lo", e que " uma ideia que ganha a consciência das massas, transforma-se em poderosa força material" (as aspas neste caso não significam transcrição rigorosa dos textos originais). Estas duas afirmações, conjugadas com a obrigação dos comunistas de, em todas as circunstâncias, saberem responder à pergunta leninista "que fazer?", delimitam bem três traços fundamentais da existência e da actividade dos PC´s.
Teorização sem a correspondente acção política prática; ignorar na batalha das ideias que a capacidade transformadora de uma teoria - uma proposta, uma consigna, um programa - depende da sua apropriação pelas massas como um instrumento, como uma arma para a luta; ignorar a necessidade do estudo rigoroso da realidade e de sobre ele estabelecer a linha política e a "ordem de batalha", eis três erros fatais para os comunistas e que frequentemente caracterizam partidos tomados por posições oportunistas.
A actividade revolucionária coloca assim aos revolucionários um conjunto de tarefas e responsabilidades com um elevadíssimo grau de exigência, frequentemente no limite das potencialidades humanas, sejam elas intelectuais, morais, físicas. A determinação, a coragem, a audácia, a inteligência, são qualidades insubstituíveis para os marxistas-leninistas. Naquele sentido que correntemente se utilizava para designar as profissões operárias, a actividade revolucionária tambem é uma arte e muitíssimo exigente.
Em correspondência com o que ficou dito, os militantes comunistas e os seus partidos, para desempenharem o papel de vanguardas que a si mesmos se designam, têm que permanentemente caminhar à frente da classe operária, dos trabalhadores, das massas populares, sabendo cumprir com êxito as suas tarefas, seja de interpretação da realidade, analisando rigorosamente as "condições objectivas", seja simultâneamente descobrindo e afirmando os dados subjectivos, usando o "factor subjectivo" como uma autêntica mola impulsionadora da acção de massas. Fenómenos de "atentismo", de "unitarismo", de ausência de coragem política para audazmente apontar aos trabalhadores e ao povo o caminho certo, conduzem inevitavelmente a atrasos, recuos e mesmo derrotas. Exemplos do uso do "factor subjectivo" são as palavras de ordem "Sí, se puede", dos camaradas cubanos, ou o nosso "Sim, é possível", quando são usadas quer para campanhas internas, quer como metas e objectivos políticos que propomos às massas.

6 comentários:

Anónimo disse...

China and Russia put the blame on some screwed up experiments of US for the earthquake that happened in Haiti.
Chinese and Russian Military scientists, these reports say, are concurring with Canadian researcher, and former Asia-Pacific Bureau Chief of Forbes Magazine, Benjamin Fulford, who in a very disturbing video released from his Japanese offices to the American public, details how the United States attacked China by the firing of a 90 Million Volt Shockwave from the Americans High Frequency Active Auroral Research Program (HAARP) facilities in Alaska
If we can recollect a previous news when US blamed Russia for the earthquake in Georgio. What do you guys think? Is it really possible to create an earthquake by humans?
I came across this [url=http://universalages.com/hot-news/what-happened-in-haiti-is-it-related-to-haarp/]article about Haiti Earthquake[/url] in some blog it seems very interesting, but conspiracy theories have always been there.

Anónimo disse...

Very interesting read.

Reliable SEO service including submissions and on-page optimizing (sokmotoroptimering).
[url=http://www.smotop.se/smotopbloggen/]Sokoptimering[/url]
http://www.smotop.se/smotopbloggen/

Anónimo disse...

hi everybody

I just thought it would be good to introduce myself to everyone!

Can't wait to get to know you all better!

-Marshall

Thanks again!

Anónimo disse...

hiya


just registered and put on my todo list


hopefully this is just what im looking for looks like i have a lot to read.

Anónimo disse...

Hello dude!

It is my first time here. I just wanted to say hi!

Anónimo disse...

Hello. And Bye.